Weby shortcut
Clarivate

UFG tem dois pesquisadores entre os mais influentes do mundo

Por Luiz Felipe Fernandes Neves.
Secom/UFG.

Luísa Gigante Carvalheiro (professora efetiva) e Robert Colwell (professor visitante), do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução, aparecem na lista da Clarivate Analytics

Dois professores da Universidade Federal de Goiás (UFG) estão na lista dos pesquisadores mais influentes do mundo em 2018. Luísa Gigante Carvalheiro (professora efetiva) e Robert Colwell (professor visitante), do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução, integram a Highly Cited Researches 2018, que reúne os pesquisadores mais citados em artigos publicados em um período de dez anos. A lista possui cerca de 4 mil pesquisadores em 21 áreas do conhecimento - apenas 12 são brasileiros.

Luísa Gigante Carvalheiro

Luísa Gigante Carvalheiro é bióloga, doutora em Ecologia pela University of Bristol, e passou a integrar o quadro docente da UFG este ano. Suas pesquisas buscam compreender como alterações ambientais (mudanças climáticas, uso da terra e espécies invasoras, por exemplo) afetam o funcionamento dos ecossistemas, além de entender como a complexa rede de interações ecológicas na qual as espécies estão envolvidas regula tais efeitos.

Roberto Colwell

Robert Colwell, doutor em Ecologia pela University of Michigan, trabalha como professor visitante na UFG desde 2014. Realiza pesquisas nas áreas de biogeografia, modelagem e ecologia teórica. Também desenvolve trabalhos relacionados à interação de espécies e coevolução, especialmente entre plantas e animais.

PPG-EcoEvol

Criado em 2002, o Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução é o primeiro da UFG a receber o conceito 7 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A nota máxima é atribuída a cursos de qualidade internacional.

O coordenador do PPG-EcoEvol, Rafael Loyola, considera que a presença dos dois professores na lista reforça a projeção internacional do programa de pós-graduação. "O PPG tem alguns dos professores mais produtivos da Universidade, um perfil totalmente internacional, com publicações em revistas internacionais de peso como Science, Nature, Proceedings of the National Academy of Sciences of the USA e Ecology Letters".

A conquista, segundo o coordenador, também mostra a impressionante capacidade do grupo de Ecologia da UFG de atrair pesquisadores extremamente influentes e qualificados e de fixá-los na instituição seja como visitante (no caso do Robert) ou como docente permanente (do caso da Luísa). "É ainda importante dizer que ambos dão aulas da graduação e pós-graduação e orientam alunos no PPG. Então, para além de serem influentes devido à publicação de artigos científicos, eles também atuam fortemente na formação de altíssimo nível de alunos na UFG", finaliza.

Fonte: Secom/UFG

Categorias: Notícias